domingo, 13 de março de 2011

Pierre Clement

Nascido em Lindau, na Alemanha, em 21 de fevereiro de 1944, seu nome verdadeiro era Karl Hirembach. Começou sua carreira em 1965, com 20 anos de idade no cinema italiano em pequenos papéis e no ano seguinte, como ator em fotonovelas.

Não precisou muito para entrar no coração do público leitor como demonstrou o sucesso obtido na publicação de suas primeiras estórias: "Mulher má" (Charme nº 125) e "Vic, o menino de ouro" (Letizia nº 64), onde já era o protagonista.

No mundo das fotonovelas adotou o nome francês Pierre Clement e no cinema adotou o nome inglês Peter Lee Lawrence.

Só depois do sucesso obtido com as fotonovelas, que os produtores de cinema começaram a lhe oferecer papéis importantes.

De 1965 a 1973, participou de mais de trinta filmes, principalmente pertencentes ao gênero Spaghetti-Arte Ocidental. Entre os filmes que participou incluem-se: "Por uns dólares a mais", de Sergio Leone, "Garringo", "A arriva Sabata", "Meu corpo com raiva", "A presa e o urubu".

Durante sua curta carreira participou de aproximadamente 80 fotonovelas quase sempre como protagonista. Era casado com Cristina Gabbo com quem teve o único filho em 1971, chamado David.

Morreu tragicamente em 1974, com apenas 30 anos de idade, cometendo suicídio após crises freqüentes e dolorosas devido a um tumor encontrado no cérebro, ao que parece, como resultado de uma embolia causada por mergulhos subaquáticos por longo tempo. Seu fim, em circunstâncias trágicas, deixou um vazio no coração de suas fãs e leitoras.

Com Michele Roc em "Um amor impossível de vencer": Grande Hotel nº 1.068/1968
Com Adriana Rame em "Ser feliz sem ser rainha": Ternura nº 60/1970
Com Jean Mary Carletto em "Brinde satânico": Lucky Martin,  nº 9 /1969
Com Adriana Ramacci em "Verdade  que atormenta": Capricho nº 179/1967
Com Paola Pitti em "Amei uma faceira": Grande Hotel nº 1.150/1969
Com Adriana Rame em "Não posso dizer-lhe adeus": Fascinação nº 119/1970
Como Rasalva Grottesi em "O que resta de um sonho": Ilusão nº 107/1967
Com Adriana Rame "Noiva sem amor": Grande Hotel nº1.221/1970
Com Michela Roc "A dois passos do abismo": Fascinação nº 82/1967
Com Luciano Francioli e Luana Costellano em "Mistério da múmia ressuscitada": Jacques Douglas nº 40/1970
Com Luciano Francioli e Mimo Billi em "Espiões a procura de um tesouso": Jacques Douglas nº 33/1969 
Capa do Almanaque Grande Hotel nº 1502 com a fotonovela "Covil do diabo".
Foto da capa Fotonovela Capricho nº  194 de 1968.
Abertura da fotonovela "A manequim".
CURIOSIDADE
O ator francês Pierre Clementi
Matéria publicada na revista GH nº 1266 de 1971.
O ator francês Pierre Clementi.

  






7 comentários:

  1. Um presente o resumo e a lembrança da carreira de um brilhante ator, seja nas fotonovelas ou no cinema.

    ResponderExcluir
  2. João, seu blog é um encanto, muito bem feito.

    Quem me "apresentou" o Pierre Clement foi a querida Tânia, nem preciso dizer que me apaixonei pelo sua meiguice, deve ter sido uma pessoa maravilhosa. Nas fotonovelas ele sempre fazia o papel do jovem revoltado, contestador e meio cafajeste, mas adorável! Lembra muito James Dean.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Queridíssimas iomara e Lady PinK. Os comentários de voces serão sempre bem vindos e de grande valia. voltem sempre. Estamos preparando novas imagens do
    indimenticabile para postagem.

    ResponderExcluir
  4. Queridissimo, novas imagens com Indimenticabile Pierre... mal posso esperar. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Queridíssima. postarei também uma reportagem muito curiosa a respeito de um ator francês de nome Pierre Clementi.Já ouviste falar dele?

    ResponderExcluir
  6. Queridissimo, já ouvi falar desse ator sim, apesar de não ter visto nenhum filme com ele.

    ResponderExcluir
  7. Adorei relembrar esses grandes atores Pierre Clement e Luciano Francioli (revista "Grande Hotel") me fez voltar aos tempos de minha adolescência... Eu era fã número um desses atores...

    ResponderExcluir